quarta-feira, novembro 23, 2005

A Igreja venera as Sagradas Escrituras

4o anos da "Dei Verbum"

«21. A Igreja venerou sempre as divinas Escrituras como venera o próprio Corpo do Senhor, não deixando jamais, sobretudo na sagrada Liturgia, de tomar e distribuir aos fiéis o pão da vida, quer da mesa da palavra de Deus quer da do Corpo de Cristo. Sempre as considerou, e continua a considerar, juntamente com a sagrada Tradição, como regra suprema da sua fé; elas, com efeito, inspiradas como são por Deus, e exaradas por escrito duma vez para sempre, continuam a dar-nos imutavelmente a palavra do próprio Deus, e fazem ouvir a voz do Espírito Santo através das palavras dos profetas e dos Apóstolos. É preciso, pois, que toda a pregação eclesiástica, assim como a própria religião cristã, seja alimentada e regida pela Sagrada Escritura. Com efeito, nos livros sagrados, o Pai que está nos céus vem amorosamente ao encontro de Seus filhos, a conversar com eles; e é tão grande a força e a virtude da palavra de Deus que se torna o apoio vigoroso da Igreja, solidez da fé para os filhos da Igreja, alimento da alma, fonte pura e perene de vida espiritual. Por isso se devem aplicar por excelência à Sagrada Escritura as palavras: «A palavra de Deus é viva e eficaz» (Hebr. 4,12), «capaz de edificar e dar a herança a todos os santificados», (Act. 20,32; cfr. 1 Tess. 2,13).»

Papa Paulo VI, 18-11-1965

5 comentários:

Anónimo disse...

Será mesmo verdade que a Igreja sempre venerou a Sagrada Escritura!?
Não é isso o que dizem os protestantes...

Surpreso disse...

Claro! Acontece que como mãe teve em algum tempo medo de os seus filhos a interpretarem mal e, por isso, não a aconselhou a uma qualquer pessoa. Veja-se o que se passa com as doutrinas tão diversas que as centenas, se não milhares, de diferentes igrejas protestantes professam e ensinam.
Será que o Espírito Santo quer essas divisões e diferentes interpretações da Bíblia?
Depois temos que ver que a Igreja católica sempre leu e explicou textos bíblicos nas celebrações eucarísticas. Dominicais e de semama...

Caros Amigos disse...

Todos devíamos ler diariamente um pouco da Bíblia. Só nos fazia bem. Em todos os aspectos.
Mas como não é fácil - eu falo por mim - dediquemos ao menos algum do nosso tempo semanal a isso.
Eu estou a ler o Evangelho de S. Marcos e acho muito proveitosa essa leitura.
Adeus.

Anónimo disse...

E o Corão não é um livro sagrado?!
Não valia a pena ser estudado e cumprido pelos cristãos?

Ver para crer disse...

O anónimo gosta de brincar!!!
Que temos nós a ver com tais textos?...
Se somos cristãos, deixamo-nos guiar pela Bíblia e não pelos escritos de Maomé. Embora também tenham o seu valor...