segunda-feira, abril 23, 2007

Semana das vocações


Esta é a Semana de Oração pelas Vocações. Domingo celebra-se o Dia do Bom Pastor.
Cristo é o Bom Pastor mas quis que a Sua Igreja tivesse quem fizesse as Suas vezes. «Apascenta as minhas ovelhas» - repete a Pedro e também aos outos Apóstolos que escolheu e preparou para essa missão.
Esta é, como escreve o Papa numa Mensagem para ajudar a viver a mesma, «uma bela ocasião para vos colocar diante da importância das vocações para a vida e missão da Igreja e para intensificarmos as nossas orações para o seu crescimento em número e em qualidade».

E Bento XVI escreve:
«No ano passado iniciei nas audiências das quartas-feiras uma nova série catequética sobre o relacionamento entre Cristo e a Igreja. Sublinhei que a primeira comunidade cristã foi originariamente construída quando alguns pescadores da Galileia, após o seu encontro com Jesus, foram tocados pelo seu olhar e pela sua voz, aceitando, em seguida, o seu urgente convite: "Vinde comigo, e farei de vós pescadores de homens"(Mc 1, 17; cfr Mt 4, 19). Na verdade, Deus tem escolhido sempre determinadas pessoas para trabalharem com Ele, de modo mais directo, e executarem o seu plano de salvação.
O Antigo Testamento mostra como no início Deus chamou Abraão para fazer dele "uma grande nação" (Gen 12,2); depois, chamou Moisés para fazer sair do Egipto os filhos de Israel (cfr Ex 3, 10). Deus escolheu outras pessoas, especialmente os profetas, para defender e manter viva a aliança com o seu povo. No Novo Testamento Jesus, o Messias prometido, convidou cada um dos apóstolos para ficar a seu lado (cfr Mc 3, 14) e envolver-se na sua missão. Por ocasião da Última Ceia quando lhes confiou a missão de perpetuar a memória da sua morte e ressurreição até à sua vinda gloriosa no fim dos tempos, dirigiu-se ao Pai e fez a conhecida oração: "Eu dei-lhes a conhecer quem Tu és e continuarei a dar-te a conhecer, para que o amor com que me amaste esteja neles, e Eu esteja neles também" (Jn 17, 26). A missão da Igreja, portanto, baseia-se na comunhão íntima e fiel com Deus.»

Todos sabemos que a Igreja precisa de mais servidores. O serviço da Caridade, da Palavra e dos Sacramentos requer gente disposta a servir os Irmãos.
Peçamos, pois aos «Senhor da Messe que envie mais operários para a Sua Seara» - recomendou-nos Ele próprio.

5 comentários:

Maria João disse...

Devemos rezar pelso consagrados, mas também pelos leigos.

Todos somos necessários para anunciar a Boa Nova.

Catequista disse...

Todos somos chamados, convidados a proclamar a Palavra. Mas para isso temos de rezar muito, para que haja muitas vocações. A tarefa não é fácil, mas a Fé ajudar-nos-á

Pe. Vítor Magalhães disse...

- Ó Mestre faz-me cada vez mais Teu discípulo - gostei de chegar até este espaço.

J disse...

Ver para Crer,

Que assim seja, rezemos por todas as vocações.

Um grande beijinho em Cristo

joaquim disse...

Rezemos pelas vocações em todo o tempo.
Reza também pelo Marcelo, da nossa Comunidade Luz e Vida, que vai ser ordenado Diácono neste dia 29, e também pelo Marco desta Diocese que vai ser ordenado Presbitero.

Abraço em Cristo