quarta-feira, abril 11, 2007

Os pais do Papa


A 7 de Março de 1920, um jornal alemão,
publicou este anúncio: «Modesto funcionário do Estado, solteiro, católico, de 43 anos de idade, com direito à reforma, pretende celebrar casamento com uma jovem católica, que saiba cozinhar e, se possível, costurar».
O pai de Bento XVI, então polícia, não teve sorte à primeira tentativa de namoro. Quatro meses depois voltou a tentar, especificando, desta vez, que era um funcionário «médio».
Respondeu Maria Peintner, cozinheira, muito piedosa, despachada e inteligente.
O casamento dos pais ocorreu em 1920. Tiveram três filhos: Maria, nascida em 1921 e falecida em 1991, com 70 anos de idade; Jorge, que agora conta 83 anos, e José, com 80 anos, o actual Papa, que adoptou o nome de Bento XVI.>

4 comentários:

Anónimo disse...

É engraçado. Os pais do Papa actual conhecem-se por anúncio.
Onde está o amor num casamento destes?!

antonio disse...

Se o amor não se construisse, nunca um pecador se poderia converter e amar o Senhor.

Anónimo disse...

Podia acrescentar o blog?
http://shema.wordpress.com/

Alphonse Rocha disse...

Uma curta visita para o informar que coloquei o seu blog nos favoritos do Blog da Alexandrina