segunda-feira, janeiro 08, 2007

A gratidão é muito linda

A menina aproximou-se da loja e amassou o narizinho contra o vidro da vitrine. Seus olhos brilharam quando viu um determinado objecto. Entrou na loja e pediu para ver a linda bracelete .

–"É para a minha irmã. Pode fazer um pacotinho bonito?"
O dono da loja olhou desconfiado para a menina e perguntou-lhe:

– "Tens dinheiro para a pagar?!" Sem hesitar, ela tirou do bolso da saia um lenço todo amarradinho e foi desfazendo os nós. Colocou-o sobre o balcão e feliz, disse:

– "Isso dá?" Eram várias moedas que ela exibia orgulhosa.

– "Sabe, quero dar este presente à minha irmã mais velha. Desde que a nossa mãe morreu, ela cuida da gente. É o aniversário dela e tenho a certeza que ficará feliz com esta prenda".
O homem foi para o interior da loja, colocou o objecto num estojo, embrulhou com um vistoso papel vermelho e fez um laço caprichado com uma fita verde.

– "Toma!", disse para a garota. – "Leva com cuidado".
Ela saiu feliz, saltitando pela rua abaixo.
Ainda não acabara o dia quando uma linda jovem de cabelos compridos entrou na loja. Colocou sobre o balcão o já conhecido embrulho desfeito e indagou:
– "Esta bracelete foi comprada aqui?"


– "Sim, senhora."

– "E quanto custou?"

– "Ah!, disse o dono da loja. O preço de qualquer produto da minha loja é sempre um assunto confidencial entre o vendedor e o cliente".

A moça continuou: "Mas a minha irmã tinha pouco dinheiro! A bracelete é de ouro, não é? Ela não teria dinheiro para pagá-la!
O homem tomou o estojo, refez o embrulho com extremo carinho, colocou a fita e devolveu-o à jovem.

– "Ela pagou o preço mais alto que qualquer pessoa pode pagar. Ela deu tudo o que tinha".

O silêncio encheu a pequena loja e duas lágrimas rolaram pela face emocionada da jovem, enquanto as suas mãos agarravam o pequeno embrulho.

8 comentários:

Lai disse...

Esta bonita história fez-me lembrar o nosso Salvador que deu tudo o que tinha para me salvar: deu a Sua própria vida em meu lugar...
E eu? Que tenho eu que possa dar-LHE?

Obrigada pela partilha
DTA
Lai

Maria João disse...

Faz-me lembrar as campanhas do Banco Alimentar. Quem menos tem é quem mais dá...

J disse...

Que história fantástica! Fez me lembrar uma parte do Evangelho em que uma senhora de idade deu tudo o que tinha,ao contrário de outros e de muitas vezes nós proprios que so damos o que nos convém.

Um grande beijinho em Cristo

joaquim disse...

Uma das coisas boas que o meu pai me ensinou foi a gratidão.
Muitas vezes a nossa gratidão pode ser uma oração por aquele/a que nos ajudou.
Abraço em Cristo

jcosta disse...

Linda história. Pena que as pessoas não imitem esta criança!

antonio disse...

Como todas as histórias que nos encantam, podemos sempre encontrar uma segunda leitura.
Também Cristo explicou aos Apóstolos porque havia sido a viúva quem fizera a oferta maior. Aqui foi o dono da loja quem viu essa dávida.

Nós não só não conseguimos dar "esse tudo" como também não somos capazes de reconhecer quem o faz...

Avaros no dar, ingratos no receber!

Catequista disse...

Uma história tocante que nos leva a pensar na quantidade de vezes em que somos egoístas.
Quem dá o pouco que tem recebe sempre a dobrar!
Um abraço

Marlene Maravilha disse...

Que daremos ao SEnhor por todos os benefícios que ele nos tem feito??
Que linda mensagem! Dispensa comentários. É melhor dar do que receber!
abraços