quinta-feira, fevereiro 23, 2006

Crime de crianças

Violência gratuita

A notícia caiu de chofre:
Doze jovens, entre os 10 e os 16 anos, internos das Oficinas de S. José, no Porto, são suspeitos de ter espancado até à morte um travesti, sem-abrigo e toxicodependente.
O cadáver do homem, com cerca de 35 anos, foi encontrado num fosso com cerca de dez metros de profundidade no piso subterrâneo de um parque de estacionamento na Avenida Fernão de Magalhães, no Porto.
O ministro Vieira da Silva considerou «extremamente importante» que a Justiça esclareça o que aconteceu, para depois se avaliarem «todas as consequências».
Já tínhamos sido abalados com a notícia da Catalunha: alguns jovens tinham batido e queimado uma mulher sem-abrigo.
O que moverá estas crianças a cometerem estes crimes?
Será que eles não se dão conta da gravidade destes seus actos?
Que será preciso fazer para os evitar?

8 comentários:

Vítor Mácula disse...

Caro Ver para Crer.

Bolas!

E eu que vinha aqui apenas em missão de cordiais desejos! ;)

Essa questão remete para cultura, política, sociedade, etc etc etc. Ui! Escandaliza sim o coração... Mas ecoa a aliança entre o desejo imediato, a anulação da História e o despero psicológico, de que se alimenta o titã mercantilista... Sei lá...

Porra!

E eu que vinha tão só para desejar-te, e aos restantes que a tal aderem, um bom carnaval, e um voluntarioso início de quaresma. (Bem, e até tem que ver com o assunto, seria uma longa conversa...)

Abraço.

Anónimo disse...

Estamos a ficar como os piores...
Quem controla estes vândalos?!

Vítor Mácula disse...

Só o amor, caro anonymous, só o amor pode tal... neles e em nós ou estamos todos feitos ao bife...

Ver para crer disse...

Afinal, parece que não há crianças de 10 anos entre os homicidas. Só de 13 até aos 16.
Mas fica a dor de saber que são crianças com problemas que herdaram das famílias incapazes.
Bom carnaval para todos.

NicoleW disse...

Hi, a nice blog you have here. You will surely get an bookmark :) Fleshlight

Caros Amigos disse...

É!Isto está a ficar mau. Quem está nas escolas dá-se conta disso.
Mas que fazer?!

joaquim disse...

Penso que ainda tem remédio. Mas com políticas sociais e educativas adequadas, que tardam.
Até lá tudo se vai agravar...

Snacker69zgs disse...

eu axo k os jovens só fazem akilo k axam bem.. e ning os pode julgar por isso :P