domingo, agosto 10, 2008

O tesouro da Igreja


Hoje é o dia de S. Lourenço. Para quem não coheça deixo aqui estas linhas retiradas da Carta Encíclica de Bento XVI "Deus caritas est".
"Logo desde os primórdios, a actividade assistencial aos pobres e doentes, segundo os princípios da vida cristã expostos nos Actos dos Apóstolos, era parte essencial da Igreja de Roma. Este dever encontra uma sua viva expressão na figura do diácono Lourenço († 258). A dramática descrição do seu martírio era já conhecida por Santo Ambrósio († 397) e, no seu núcleo, mostra-nos seguramente a figura autêntica do Santo. Após a prisão dos seus irmãos na fé e do Papa, a ele, como responsável pelo cuidado dos pobres de Roma, fora concedido mais algum tempo de liberdade, para recolher os tesouros da Igreja e entregá-los às autoridades civis. Lourenço distribuiu o dinheiro disponível pelos pobres e, depois, apresentou estes às autoridades como sendo o verdadeiro tesouro da Igreja."

Por essas e por outras foi martirizado mas ainda hoje é um dos santos mais populares, mesmo em Portugal.

12 comentários:

Anónimo disse...

O tesouro da Igreja eram nesses tempos os pobres. E hoje?!
Não será que muitos bispos, padres e baptizados vivem apenas para os bens materiais?
Responda quem souber ou quiser...

Joaquim Costa disse...

Joaquim CostaSão pessoas como S. Lourenço que nos ajudam a ter orgulho de ser católicas.

Marta Neves disse...

Onde encontrar hoje pessoas assim, desprendidas deste mundo, ligadas à ICAR?
Constantino virou tudo às avessas...

Susana Frade disse...

No dia de S. Lourenço fui à vinha mas estava tudo verde ainda.
Nem os ditados já têm valor hoje!!!!

Anónimo disse...

este anónimo -que o não é- também diz que se há alguns bispos, padres e baptizados (todos o bispos e padres são baptizados)vivem para os bens materiais, MUITOS mais, imensos, que pouca gente conhece porque não o apregoam, vivem uma vida de entrega e desprendimento e de pobreza (diferente de miséria)voluntária que deve ser respeitada e devia ser imitada.
S. Lourenço é para mim em exemplo a seguir, assim eu fosse capaz de o imitar, mesmo só um bocadinho.
FF.

Ecclesiae Dei disse...

Louvado seja Deus por S. Lourenço, por esse exemplo a ser seguido.

Ver para crer disse...

FF e outros amigos:
Obrigado pelos vossos comentários. S. Lourenço é de facto um grande exemplo para todos nós. Oxalá o saibamos imitar ainda que de longe.

Felizmente podemos orgulharmo-nos de termos bons exemplos destes na nossa Igreja católica.

erick sávio disse...

paz e bem santo(a) irmão(ã), você foi o primeiro convocado a cotribuir para o site GUIA DE BLOGS CATÓLICOS que tem como iniciativa principal divulgar os blogs católicos existentes em nossa web.

pra contribuir para o site basta que você comente no site colocando o nome de seu blog o link e o feed(o feed só coloque se tiver) e nós iremos disponibilizar e divulgar seu blog para toda a web, AJUDE-NOS SANTA PESSOA.

link do nosso site: www.blogscatolicos.uni7.net/

venha ser mais um irmão a contribuir com nosso projeto.

erick sávio disse...

seu blog já foi adicionado em nossa mais nova lista de blogs católicos, le informamos que a cada atualização seu blog irá estar sendo divulgado mais amplamente.

agora só le pedimos um favor santa pessoa, para nos ajudar a divulgar outros blogs e até mesmo o seu, pedimos que você coloque o link de nosso site em seu blog, assim com todos os membros do site colocando o link do site nos blogs iremos conseguir alcançar nossos objetivos que é de divulgar todos os blogs católicos da web. MUITISSIMO OBRIGADO POR VOCÊ TER ACEITADO PARTICIPAR DE NOSSO PROJETO.

link: www.blogscatolicos.uni7.net/

paz e bem, fica com DEUS

Orlando Guerra Henriques disse...

É só para dizer que passei por cá e para deixar um abraço.
Continuação de bom trabalho pastoral.

E, já agora, é muito fácil dizer que há católicos (clérigos e leigos) apegados ao dinheiro, mas uma visão honesta da realidade contempla também a multidão dos que permanecem fiéis ao Senhor e não ao dinheiro.

Ver para crer disse...

É isso mesmo, Orlando.
Obrigado pela visita.

João Mendes disse...

Concordo.